Seguidores

sábado, 1 de novembro de 2014

A Vida Depois Da Escola

Cap I

  O Ùltimo Dia



     3º Ano. Não do Ensino Fundamental, nem do infantil. Médio.
Era o último dia de aula. Tinha gente chorando, gente rindo, alguns quietos, outros ainda não tinham decidido o que iriam fazer. Desesperada. Era essa a palavra que me definia completamente naquele momento. Já sabia o que iria fazer, sabia que estava pronta, só não sabia como eu deveria me sentir. Tudo voltava a minha cabeça: Mamãe, Papai, Henrique, e o meu atual namorado: Jorge.
     Queríamos fazer a mesma coisa: Biologia. Sabíamos que isso não era uma das matérias mais esperadas por uma mãe de seus filhos,mas era aquilo. Era o que eu me destacava.
     Ainda um pouco indecisa porque eu teria que mudar para muito longe da minha cidade-natal, mas , ao contrário de mim, tinha Jorge, otimista, perseverante, era ele quem me convenceu de irmos para a mesma faculdade, ele me convenceu que eu era boa naquilo.
     17 anos. Essa era a minha idade. Não era preguiçosa, gostava de me arrumar muito bem e de prender cada cachinho ruivo que caía sobre o meu rosto com os meus famosos tic-tac's de cereja. Era infantil, e eu sabia, mas me recusava de deixá-los para trás em qualquer ocasião. 
     Eles eram um tipo de talismã. Não sei se é pelo valor emocional dos dois(foram um presente da minha querida bisavó Chiquinha) ou se pelo fato de que eu conheci Jorge com eles no 6º ano do Fundamental.
     Apesar de tudo, amava eles de qualquer forma, e não os deixaria para trás na faculdade.